fbpx

ANAC lança estudo sobre cultura de segurança operacional na aviação civil

REFORMA ADMINISTRATIVA  – Presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público sinaliza apoio às emendas da Regulação
21 de junho de 2021
REFORMA ADMINISTRATIVA – Sinagências participa de live  com membro titular da Comissão Especial que analisa a matéria
22 de junho de 2021

Place flying in sunset sky

Além de captar a opinião dos regulados, a ANAC deseja estabelecer um sistema que permita acompanhar a evolução do tema a partir de futuras aferições semelhantes

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) lançou, no mês de maio, a pesquisa de opinião ‘Avaliação da Cultura de Segurança Operacional dos Regulados’, com objetivo de estender as ações de melhoria da segurança nos mais diversos segmentos. Segundo a agência, o estudo deverá ser conduzido a cada dois anos, permitindo alinhar seu desenvolvimento com o Plano de Supervisão da Segurança Operacional (PSSO), lançado em 2019, visando a melhoria contínua da segurança da aviação civil.

A agência vem ampliando suas ações para melhorar a cultura de segurança em diversos segmentos da aviação civil e um dos destaques da pesquisa é incluir desde empresas aéreas, regidas pelo Regulamento Brasileiro da Aviação Civil  (RBAC 121) , até empresas de Serviços Auxiliares ao Transporte Aéreo (Esata), passando por operadores aéreos privados (RBAC 91), fabricantes, aeroclubes e centros de instrução de aviação, entre outros segmentos.

De acordo com Neverton Alves de Novais, coordenador da Assessoria de Segurança Operacional da ANAC, uma das propostas é, além de avaliar a cultura de segurança operacional da aviação civil brasileira como um todo, utilizar os regulados como base de ações conjuntas entre a ANAC e o setor. “É uma via de mão dupla”, destaca.

A pesquisa é destinada aos gestores e colaboradores dos segmentos regulados da aviação civil. A participação destes profissionais pode ser feita até o dia 4 de julho de 2021.

Os questionários são anônimos e os resultados coletados serão processados pela Assessoria de Segurança Operacional (ASSOP) para melhoria do desenvolvimento de políticas públicas ajustadas às necessidades dos aspectos da segurança operacional identificados pela pesquisa.

Fonte: Ascom/Sinagências

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato