fbpx

ANP põe em risco segurança de servidores

Em manifesto, servidores da Aneel criticam
6 de outubro de 2014
Cursos de Extensão Presencial do IDP: Direito Penal, Tributário e Eleitoral
8 de outubro de 2014

Os servidores da Agência Nacional do Petróleo – ANP, lotados em Brasília, passaram por um grande susto nesta segunda-feira (06/10).

Ao realizar tarefas de alta periculosidade em local totalmente inapropriado – um galpão de madeira improvisado – depararam-se com um curto-circuito e princípio de incêndio em um nobreak de computador.

Caso a ação dos brigadistas não fosse imediata, as consequências poderiam ter ido muito além da simples destruição parcial do equipamento.

Neste galpão são realizadas análises de combustíveis, lubrificantes e outros derivados de petróleo, envolvendo diretamente mais de 40 servidores. Lá estão armazenados de forma precária litros e mais litros de toda sorte de material explosivo.

O fato se agrava, pois o tal galpão fica próximo ao restaurante da ANP e faz fundos com a "Casa do Vovô", um abrigo de idosos na L2 Norte, em Brasília, no Distrito Federal.

Por outro lado, a administração da ANP vem postergando a entrega dos laboratórios adequados às atividades desempenhadas, garantindo a segurança daqueles que lá trabalham. O prazo de conclusão das obras, estipulado para o final deste ano, passou para fevereiro de 2015 (o que dificilmente será cumprido).

O Sinagências está atento ao caso e estuda medidas judiciais e administrativas para sanar o problema imediatamente, de forma a salvaguardar os servidores no desempenho de suas atividades e as demais pessoas que vivem nas proximidades.

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato