fbpx

Vacinação dos servidores das Agências …

Deputado Federal Luis Miranda (DEM – DF), André Pepitone, diretor da Aneel, e…
6 de maio de 2021
REFORMA ADMINISTRATIVA – Reunião com diretores das Agências e deputado federal, Luis Miranda…
20 de maio de 2021

VACINAÇÃO DOS SERVIDORES DAS AGÊNCIAS –  Cerca de 80% dos servidores que atuam presencialmente em PAF’S  iniciaram a vacinação

 

O presidente do Sinagências, Cleber Ferreira, se reuniu em agenda virtual, na tarde de sexta-feira (07/05), com o Gerente-Geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados da Anvisa (GGPAF), Nélio Cezar de Aquino, para tratarem sobre uma pauta que o Sindicato tem monitorado desde o início do ano: a vacinação dos servidores da Anvisa, que trabalham na linha de frente ao enfrentamento do COVID -19.

Durante a reunião, o gerente-geral da GGPAF explicou que cerca de 74% dos servidores da Anvisa que trabalham presencialmente em Portos, Aeroportos e Fronteiras (PAF’s) tomaram a primeira dose da vacina e outros 5% estão agendados para tomá-la.

Informou também que para o alcance de 100% destes servidores vacinados em todo o país, ainda é necessário chegar a segunda dose de vacinas para os que foram imunizados com a primeira dose.

Outra questão abordada na reunião foi a respeito da necessidade de alguns estados serem contemplados na lista de prioridades de vacinação, a partir do ofício enviado ao Ministério da Saúde pela inclusão dos servidores destes estados. O pedido encontra-se em análise pelo órgão.

Desde janeiro, o Sinagências oficiou o Ministério da Saúde (MS), (veja matéria aqui) pedindo que os servidores das Agências Reguladoras em todo o país, que trabalham  presencialmente, fossem incluídos no rol de prioridades de vacinação dentro do plano Nacional de Vacinação.

Após o ofício enviado ao Ministério, os membros diretores do Sinagências reiteraram, em reunião com o diretor da quinta diretoria da Anvisa, Alex Campos Machado e sua equipe, a urgência de servidores que trabalham na linha de frente contra o COVID-19 serem vacinados (veja matéria aqui).

Estes servidores atuam em áreas centrais e essenciais ao país que não podem ser exercidas em home office e estão, lamentavelmente, expostos ao eminente risco de serem contaminados pela doença.

Por fim, o Sindicato reitera a todos os servidores e filiados que monitoram esta questão que, em nome dos servidores que representa, sente-se parcialmente contemplada com a resposta positiva por parte da Agência que iniciou a vacinação dos que estão trabalhando na linha de frente e está em contínuo e atento acompanhamento desta situação em todo o país.

Fonte: Ascom/Sina

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato